30 de julho de 2012 | Lazer & Bem-Estar

Cuidado: Maquiagem também tem prazo de validade

Saiba como cuidar, armazenar e trocar sua maquiagem de acordo com o prazo de validade de cada produto. Sua saúde agradece!

maquiagem

Foto: Corbis

Você é daquelas loucas por maquiagens? Não resiste a uma novidade na prateleira, uma nova cor de batom, tipos de base, sombras em creme, pó, líquida, enfim, são inúmeras as versões dos produtos de maquiagem que o mercado oferece. Mas, um cuidado não muito comentado é o prazo de validade de cada maquiagem. Assim como todo cosmético, ela também apresenta riscos à saúde se for utilizada de maneira inadequada.

Segundo Anelise Helena Leite Leal, Farmacêutica e Bioquímica, Proprietária da Tave Pharma, “com certeza, um produto que tem seu prazo de validade vencido há pouco tempo, não vai estragar de uma hora para outra. Mas daquele dia em diante, não há mais a garantia que o paciente tem de, se usar e ocorrer uma alergia, ser ressarcido ou responsabilizar a empresa pelas reações adversas. O produto perde toda sua garantia, explica.

Vale lembrar que o rímel e os cosméticos que tem proximidade com mucosas ou olhos são geralmente os mais perigosos e os campeões das queixas nos dermatologistas. A pele já tem um sistema de defesa e uma microbiota muito eficaz de proteção contra bactérias e ácidos. Mas os olhos e as mucosas já são mais desprotegidos.

Outra dica da farmacêutica é que, geralmente a contaminação recente não altera cor, nem odor do produto. Mas, pode contaminar o usuário, mesmo com poucas colônias formadas. Deve-se lembrar que bactéria é microscópica! Quando o produto mudou de cor, o odor está bem alterado, então, é contaminação na certa. Por isso, não confie naquele blush lindo e com cara de novinho, ainda depois de vários meses. Não importa se é uma base ou batom, a base atinge uma área maior do rosto, sua contaminação acaba por ser mais agressiva que a do batom, mas o risco é igual a ambos.

As reações são iguais ou ainda piores que os cosméticos. Pois, na maquiagem, a quantidade de corante, potencialmente alergênico, é muito maior. Produtos expostos ao consumo e que apresentem problemas físico-químicos e ou microbiológica, além de descumprirem os requisitos técnicos de qualidade podem, ainda, colocar em risco a saúde do consumidor configurando infração sanitária.

A apresentação dos dados de estabilidade, exigida no ato da regularização do produto ou pela autoridade sanitária quando das inspeções, está estabelecida na legislação vigente. Além disso, deve ser cumprido o estabelecido no Termo de Responsabilidade firmado pela empresa, por meio do qual declara possuir dados que atestam a eficácia e a segurança do seu produto.

Eles podem, além de oxidar (começa a escurecer), separar a fase oleosa da aquosa, talhar, alguns ativos podem se depositar no fundo do recipiente e não misturarem-se mais formando uma placa sólida. O pH pode alterar drasticamente, queimando o local de aplicação. Ou pode também haver contaminação bacteriana que, por sua vez, contamina o usuário. Aliás, tudo pode acontecer ao mesmo tempo também!

Dicas de como armazenar sua maquiagem

Anote as médias das datas de validade e guarde no fundo da sua gaveta ou na tampa da sua caixa de maquiagens:

Leia mais em: ,
Comente!

  •  

Confira
Newsletter

Cadastre-se abaixo e receba os artigos do site em seu e-mail!

Últimas atualizações
Quem Somos | Fale Conosco | Política de Privacidade | Criação de sites
Copyright © 2010 Vida e Equilíbrio. Todos os direitos reservados. 2nd