31 de julho de 2012 | Saúde

Estudo diz que café reduz em 11% risco de insuficiência cardíaca

Consumo moderado da bebida também ajuda a proteger o surgimento de outras doenças, como diabetes tipo 2, Parkinson e cirrose hepática

café

Foto: Corbis

Estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, revelou que o café, consumido moderadamente, oferece diversos benefícios à saúde, em especial para o coração.

O estudo, publicado no Circulation: Heart Failure, demonstrou que o consumo de quatro xícaras de café por dia diminui em até 11% as chances de sofrer com insuficiência cardíaca.

Para chegar ao resultado a pesquisa norte-americana analisou estudos anteriores sobre o consumo do café. Foram 140.220 participantes avaliados, sendo que 6.522 apresentaram insuficiência cardíaca. Os pesquisadores consideraram dados levantados entre janeiro de 1996 e dezembro de 2011. “Durante muitos anos o café foi alvo de críticas e acusações que agredia o estômago e causava dependência, por conta da cafeína, mas nos últimos anos diversos estudos tem revelado que a bebida auxilia na manutenção de uma boa saúde e ajuda a prevenir algumas doenças”, explica a Gerente de nutrição do HCor, Rosana Perim, pesquisadora da bebida.

Outros estudos que avaliaram as propriedades do café e a sua ação no organismo humano, descobriram que, além da cafeína, outras substâncias presentes na bebida, como os ácidos clorogênicos, reduzem a incidência de diabetes, fator de risco importante para o desenvolvimento da doença coronariana.

Além disso o café pode ter efeito benéfico nos níveis de colesterol no sangue, dependendo do modo de preparo.

A nutricionista estudou as diferentes formas de preparo do café e concluiu que o café filtrado ou coado não altera os níveis de colesterol no sangue, mas, em processos de preparo sem a filtragem há um discreto aumento. De acordo com a profissional, o consumo moderado da bebida diminui a oxidação do LDL, que é o colesterol ruim, que causa inflamação nas artérias, desencadeando a “Esse efeito está ligado aos compostos antioxidantes do café.

A bebida também possui ação benéfica na melhora dos sintomas de algumas doenças degenerativas como: Alzheimer, Parkinson e depressão”, conclui Rosana.

Leia mais em: ,
Comente!

  •  

Confira
Newsletter

Cadastre-se abaixo e receba os artigos do site em seu e-mail!

Quem Somos | Fale Conosco | Política de Privacidade | Criação de sites
Vida e Equilíbrio | (11) 5539-7227 | Av. Gen. Ataliba Leonel, 93 - Conjunto 94 - 02033-000 - São Paulo (SP) 2nd